xhamster xvideos pornhub redtube xxx thumbzilla

João Pinheiro Chagas

João Pinheiro Chagas Nasceu no Rio de Janeiro no dia 11 de Setembro de 1863. Aderiu ao Partido Republicano Português na sequência do Ultimato e a partir de então tornou-se um dos mais violentos jornalistas no ataque às instituições monárquicas.

Em 1891, foi acusado de cumplicidade na Revolução do 31 de Janeiro e desterrado para Angola. Conseguiu fugir para Portugal mas foi descoberto, capturado e reconduzido ao degredo.

Em 1893 beneficiou de uma amnistia tendo ido viver para o Porto. Continuou a sua luta como jornalista político e participou em todas as tentativas para abolir a monarquia.

Foi um dos elementos mais activos na preparação do 5 de Outubro, tornando-se um dos responsáveis pelo êxito da revolução. Com a República já instaurada foi nomeado Ministro (embaixador) em Paris, cargo do qual acabou por se demitir por discordar do modelo político seguido pelos governantes.

Em 1911 chefiou o 1º Governo Constitucional (Primeiro-Ministro) entre 3 de Setembro e 12 de Novembro. Em 1915, quando se preparava para chefiar outro governo, foi alvo de um atentado a tiro no Entroncamento, no qual perdeu um olho. Regressou então a Paris mas suspendeu as suas funções durante o Sidonismo. Defendeu também a participação de Portugal na I Guerra Mundial e foi membro da delegação portuguesa à Conferência de Paz de Versalhes e à Sociedade das Nações.

Morreu no Estoril a 28 de Maio de 1925.

Autoria: Plano Nacional de Leitura