Eusébio Leão

Eusébio Leão nasceu em Gavião, Portalegre, no dia 2 de Fevereiro de 1878. Formou-se na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa em 1890. Exerceu medicina clínica em Gavião e fez estágios em Paris e Berlim. Acabou por se especializar em urologia.

Em Lisboa, colaborou com inúmeras publicações e participou activamente na difusão dos ideais republicanos, principalmente depois do Ultimato inglês em 1890. Entrou na Maçonaria em 1893.

Foi um dos fundadores do jornal A Pátria e, em Outubro de 1909, foi eleito secretário do Directório do Partido Republicano Português, apresentando-se diversas vezes como candidato a deputado mas sem nunca ter sido eleito.

Depois da Implantação da República foi nomeado Governador Civil de Lisboa e veio a ser eleito deputado à Assembleia Nacional Constituinte pelo círculo de Portalegre, integrando depois o Senado.

Com a cisão do Partido Republicano, acabou por apoiar a União Republicana de Brito Camacho. Em Fevereiro de 1912 foi nomeado ministro em Roma, mantendo-se nesse posto até Outubro de 1926.

Eusébio Leão morreu em Lisboa no dia 21 de Novembro de 1926.

Autoria: Plano Nacional de Leitura