A 1ª República. Ano 1923

Período Acontecimento
Jan.

Crise financeira grave. Falência de cinco bancos.

5 de Fev.

Fundação do Partido Nacionalista resultante da fusão do Partido Republicano de Reconstituição Nacional com o Partido Republicano Liberal.

9 de Mar.

Portugal procura obter um empréstimo junto da Sociedade das Nações mas as negociações são interrompidas sem sucesso.

29 de Mar.

O aviador brasileiro, Santos Dumont, visita Lisboa e é calorosamente recebido por Gago Coutinho e Sacadura Cabral e por uma multidão entusiástica.

Mai.

O governo é autorizado a contrair um empréstimo interno para melhorar a situação financeira do Estado.

7 de Jul.

Guerra Junqueiro, poeta republicano muito festejado, morre em Lisboa. O túmulo é colocado no Mosteiro dos Jerónimos.

17 de Jul.

A censura proíbe a exibição de uma peça de teatro de António Ferro.

Um grupo de que faziam parte Fernando Pessoa, Raul Brandão, António Sérgio, Jaime Cortesão e Aquilino Ribeiro publicam um protesto.

17 de Ago.

Fim do subsídio dado pelo governo ao pão, para manter o preço mais baixo, (pão político) provoca vários protestos.

6 de Ago.

Eleição do Presidente da República pelo Parlamento. Vence Manuel Teixeira Gomes que, desde 1910, se encontrava em Londres como embaixador de Portugal. Tem o apoio do Partido Democrático e de Afonso Costa.

13 de Set.

O general Primo de Rivera assume a direcção do governo espanhol, instaura uma ditadura militar, em Espanha, que dura cinco anos (de 1923 a 1928).

5 de Out.

7º Presidente da República - Manuel Teixeira Gomes (5 Out.1923 a 2 Dez. 1925)

22 de Out.

Kemal Ataturk proclama a república na Turquia.

9 de Nov.

Adolf Hitler tenta em Munique um golpe de estado que falha.

10/12 de Nov.

Aniversário da Revolução russa de 1917. O Partido Comunista realiza o primeiro Congresso.

15 de Nov.

Demissão do governo.

Afonso Costa é novamente convidado para formar governo mas não aceita.

38º Governo (15 Nov. 1923. a 18 Dez. 1923) - Chefiado por António Ginestal Machado.

1 de Dez.

Num Congresso das Associações Comerciais e Industriais, Salazar apresenta uma comunicação em que defende uma política de contenção das despesas.

10 de Dez.

Movimento revolucionário radical contra o governo, os chefes da revolta são presos, mas o governo pede a demissão.

15 de Dez.

Reaparecimento do jornal Novidades, da Igreja católica.

18 de Dez.

39º Governo (18 Dez 1923 a 6 Jul. 1924) - Chefiado por Álvaro de Castro, dissidente do Partido Nacionalista.

António Sérgio é escolhido para Ministro da Instrução Pública.