A 1ª República. Ano 1917

Período Acontecimento
2 de Fev.

Contingentes de tropas portuguesas (Corpo Expedicionário Português) começam a chegar a França, para participarem na guerra das trincheiras e nas frentes de batalha contra os alemães.

26 de Fev.

Diminuição da iluminação pública de Lisboa, para poupar energia.

5 de Mar.

Morte de Manuel Arriaga, primeiro presidente da República Portuguesa.

6 de Abr.

Os Estados Unidos da América declaram a guerra à Alemanha.

7 de Abr.

Assaltos a vendedores de pão e hortaliças, no Porto.

Criação da sopa dos pobres em Lisboa.

25 de Abr.

14º Governo (25 Abr. 1917 a 8 Dez. 1917) - Chefiado por Afonso Costa. Formado devido à dissolução do governo da União Sagrada, provocada pela saída dos evolucionistas.

13 de Mai.

Primeira aparição em Fátima de Nossa Senhora aos três pastorinhos Lúcia, Francisco e Jacinta.

19 a 21 de Mai.

Revolução da Batata: assaltos a mercearias e armazéns em Lisboa e no Porto devido à falta de alimentos, provocada pelo racionamento. O governo manda reprimir severamente todos os tumultos e declara o estado de sítio em Lisboa e concelhos limítrofes.

1 de Jul.

Congresso do Partido Democrático reelege Afonso Costa.

7 de Jul.

Greve da Construção Civil. Prisão de vários grevistas e confrontos entre tropas e operários provocam várias mortes.

13 de Jul.

Assaltos a mercearias e tumultos no distrito de Beja. Confrontos com a GNR provocam vários feridos e a morte de duas mulheres.

Sett.

Greve dos telégrafos.

10 de Set.

Censura aos filmes que apresentem cenas da guerra.

11 de Out.

O presidente da República, Bernardino Machado, e o presidente do Ministério, Afonso Costa, visitam as tropas portuguesas na frente de batalha. Condecoram vários militares.

20 de Out.

Fundação do Partido Centrista Republicano, chefiado por Egas Moniz.

7 de Nov.

Revoluções de «Outubro». Na Rússia, os Bolcheviques (comunistas) tomam o poder.

10 de Nov.

Repetem-se os assaltos a várias padarias em Lisboa.

5 de Dez.

Sidónio Pais chefia uma revolução, com o apoio do Partido Unionista.

O presidente do conselho de ministros, Afonso Costa, é preso, o Congresso (Parlamento) é dissolvido e o Presidente da República, Bernardino Machado é destituído.

Publicação do único número da revista Portugal Futurista, dirigida por Almada Negreiros.

11 de Dez.

15º Governo (11 Dez.1917 a 14 Dez 1918) - Chefiado por Sidónio Pais