A 1ª República. Ano 1916

Período Acontecimento
29 de Jan.

Assaltos a estabelecimentos comerciais em Lisboa, em Évora e no Norte do país.

Confrontos com a Guarda Nacional Republicana e atentados bombistas. Rusgas a bairros operários. Os presos foram levados para bordo de navios.

17 de Fev.

A pedido do governo inglês todos os navios inimigos estacionados em portos portugueses são apreendidos.

9 de Mar.

A Alemanha declara guerra a Portugal. Portugal, a pedido de Inglaterra tinha apreendido 72 navios alemães que se encontravam em portos portugueses.

15 de Mar.

13º Governo (15 Mar. 1916 a 25 Abr.1917) – Chefiado por António José de Almeida.

Afonso Costa cede o seu lugar de presidente do governo a António José de Almeida e constitui-se o chamado governo da «União Sagrada».

16 de Mar.

Dissolução pelo governo de organizações operárias: União Operária Nacional, a União de Sindicatos Operários, e as Federações da Construção Civil e dos Metalúrgicos.

25 de Mar.

O ministro da Guerra, general Norton de Matos, publica um documento a esclarecer a posição de Portugal perante a 1ª Guerra Mundial.

28 de Mar.

Censura prévia de todas as publicações e da correspondência enviada para países estrangeiros e para as colónias, enquanto durar a guerra.

Dissolução de todas as organizações sindicais que se manifestaram contra a entrada de Portugal na guerra.

9 de Jun.

Conferência dos Aliados, em Paris. Portugal é representado por Afonso Costa e Augusto Soares na Conferencia dos Aliados em Paris. Na conferência decide-se que os territórios ocupados pela Alemanha na Europa e em África deverão ser restituídos.

14 de Jun.

O patronato encerra diversas fábricas (lock-out) em Setúbal.

15 de Jun.

O governo britânico convida formalmente Portugal a tomar parte activa nas operações militares dos aliados. Constituição do Corpo Expedicionário Português (CEP) comandado pelo general Norton de Matos.

7 de Ago.

O Parlamento português aprova a participação de Portugal na 1ª Guerra Mundial.

26 de Out.

O governo publica legislação, muito contestada pelos agricultores, para evitar a subida do preço dos produtos agrícolas.

13 de Dez.

Tentativa revolucionária comandada por Machado Santos contra a participação de Portugal na 1ª Guerra Mundial fracassa.

20 de Dez.

O governo francês pede ao governo português que envie tropas para França.