Dia Internacional da Mulher

Data de publicação: 
04.03.2010

8 de Março de 2010 | DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Celebra-se este ano o Centenário do Dia Internacional da Mulher. A criação de um dia das mulheres que fosse celebrado em todo o mundo foi proposto pela primeira vez por Clara Zetkin, em 1910. Esta decisão, tomada na Conferência Internacional de Mulheres Socialistas, foi inspirada nas manifestações e greves das operárias que tiveram lugar nos Estados Unidos da América em 1908 e 1909.

Clara Zetkin (1857-1933) foi, com Friedrich Engels (1820-1895) e August Bebel (1840-1913), a principal teórica da «questão das mulheres» no movimento operário revolucionário alemão e internacional. Clara Zetkin lutou ao longo da vida pelo sufrágio universal, pelo direito ao divórcio e pela igualdade de oportunidades, quer no Partido Social Democrata alemão, quer no comunista.  Foi presidente do parlamento alemão (a primeira presidente mulher dum Parlamento) em 1932, tendo combatido o nazismo antes de ser obrigada a fugir. Zetkin lutou pela paz mesmo durante a primeira guerra mundial quando a maioria dos partidos alemães fez uma trégua na luta interna em nome da "unidade" (organizou por exemplo uma Conferência de Paz em Berlim em 1915).

1909 – O primeiro dia nacional da Mulher foi celebrado nos Estados Unidos da América a 28 de Fevereiro.
1910 – Na Conferência Internacional de Mulheres Socialistas, Clara Zetkin propõe a realização de um Dia Internacional da Mulher.
1975 – A Organização das Nações Unidas [ONU] começa a celebrar o Ano Internacional da Mulher. Neste ano realiza-se a 1ª Conferência mundial sobre as Mulheres [México]) e inicia-se a década da ONU sobre as mulheres [1975-1985].

Em Portugal, a primeira comemoração de que existe notícia, remonta a 1953. Apesar da proibição da ditadura, algumas dezenas de mulheres reuniram-se em Lisboa, para comemorar o Dia Internacional da Mulher.  A primeira comemoração do 8 de Março em liberdade foi realizada em 1975

A Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República vai celebrar o Centenário do Dia Internacional da Mulher com um conjunto de espectáculos, tertúlias e conferências em diversos pontos do país.

PROGRAMA

9h30, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, Auditório 3
Sessão comemorativo do Dia Internacional das Mulheres
Uma iniciativa da Comissão para a Cidadania e a Igualdade do Género com o apoio da CNCCR

13h00, Lisboa, Praça do Município [TRANSFERIDO PARA A CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA]
Solos com Convicção – Veleda
- Joana von Mayer Trindade, Hugo Calhim Cristovão, Paula Cepeda Rodrigues, Valquiria Valhalladur

13h30, Lisboa, Largo Camões [CANCELADO]
Solos com Convicção – Para onde vamos?
- Filipa Francisco, antoniopedro

13h30, Lisboa, Rossio / Rua 1.º de Dezembro [CANCELADO]
Solos com Convicção – 23 +1
- Cláudia Dias, Rita Natálio, Mónia Mota, António Coelho, Sandra Ramos, textos a partir de textos de Maria Veleda

14h00, Lisboa, Largo do Carmo [CANCELADO]
Solos com Convicção – Sós (Uma Homenagem)
- Sofia Fitas, Sébastien Jacobs

14h30, Lisboa, Largo de São Domingos [CANCELADO]
Solos com Convicção – Morro onde me prendo
- Susana Gaspar, Vítor Rua, Ainhoa Vidal

Uma iniciativa da CNCCR com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa

18h30, Porto, Café Ancora D’ouro
Ciclo de Tertúlias A República; O conceito de Liberdade e os dos Direitos das Pessoas e das Minorias
As Ideias Republicanas e o seu impacto nos direitos das Mulheres
- Beatriz Pacheco Pereira e de Mariana Rocha

Uma iniciativa da Provedoria para os Cidadãos com Deficiência da Câmara Municipal do Porto, da Reitoria da Universidade do Porto com o apoio da CNCCR

19h30, Lisboa, Cantina Militar (Rua de S. José, 24)
Conferência: As mulheres e a instauração da República
- Ana Vicente
- Alfredo Caldeira

Uma iniciativa da Associação Portuguesa de Mulheres Juristas com o apoio da CNCCR

21h00, Montijo, Assembleia Municipal – Galeria Municipal
Conferência: As Mulheres e a República
- Manuela Tavares (União de Mulheres Alternativa e Resposta), Maria Alice Samara (Escola Superior de Educação de Setúbal), João Esteves (Centro de Estudos sobre a Mulher)

Uma iniciativa da Câmara Municipal do Montijo com o apoio da CNCCR