Apresentação pública do programa «República nas Escolas»

Data de publicação: 
27.09.2009

República nas Escolas, um eixo fundamental das comemorações do Centenário da República

O programa República nas Escolas e o sítio na Web que lhe está associado, http://escolas.centenariorepublica.pt, foram apresentados no passado dia 17 de Setembro, pela Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República (CNCCR) na Escola Secundária de Camões, um estabelecimento que comemora 100 anos de existência no próximo dia 8 de Novembro.

Na cerimónia, Artur Santos Silva, presidente da CNCCR salientou que o “República nas Escolas é “um dos três eixos fundamentais das comemorações”, a par do República e Academia e do República e Municípios.

“O que pretendemos é valorizar os ideais e os protagonistas republicanos, mas com os olhos postos no futuro”, disse Artur Santos Silva, destacando que foi “através da educação que se deu um grande salto na relação dos cidadãos com o Estado” e no desenvolvimento de valores como a liberdade, igualdade e cidadania.

Isabel Alçada, comissária do Plano nacional de Leitura, cujo contributo para o República nas Escolas foi ontem destacado pelo presidente da CNCCR, afirmou por seu turno que “A I República nem sempre tem na sala de aula o destaque que deveria ter. É preciso que os professores pensem em programar o ano escolar de forma que os alunos possam reflectir e, sobretudo, possam sobre acompanhar a par e passo os acontecimentos que se foram vivendo ao longo da I República”.

Nesse sentido, o sítio República nas escolas é um instrumento importante, já que nele se poderá encontrar muita informação histórica (cronologias, história de símbolos da República, biografias de protagonistas) bem como sugestões e ideias para que as escolas possam desenvolver os seus projectos específicos e se articulem com o programa oficial das comemorações do Centenário.

O sítio República nas Escolas integra-se no Portal do Centenário, que foi desenvolvido pela CNCCR em parceria com a PT, através do Portal Sapo.