31 de Julho de 1911 - Festas de Setúbal

Data de publicação: 
31.07.2011

31 de Julho de 1911 - Festas de Setúbal

O jornal O Século relata: “Foi enorme a concorrência de forasteiros à cidade de Setúbal, por motivo das grandes festas aqui realizadas. Os hotéis e restaurantes encheram-se completamente, prevendo-se que, até ao próximo domingo, dia em que as festas terminam, continue o mesmo movimento e animação.

A tourada que ontem se realizou constituiu um excelente número do programa. A enchente foi completa. Os trabalhos de Cadete, a pé, e João Marcelino, a cavalo, arrancaram vibrantes aplausos.

Ao ser conduzido para a praça, o gado fugiu, colhendo Francisco Alves, que ficou com um braço muito contundido, indo receber curativo ao Hospital da Misericórdia. Apanhado o gado, entrou na praça dentro de gaiolas, saindo do mesmo modo, sendo estas levadas em zorras. Um destes carros atropelou o trabalhador José Marques, de 72 anos de idade (…) [que] recolheu à enfermaria do hospital da Misericórdia.

A feira foi muito concorrida. No meio de tão grande movimento, cometeram-se vários roubos (…). Foi preso um gatuno de Lisboa. (…)”.

Fonte:
O Século n.º 10645, 31 de Julho de 1911, p.2